Você é uma (um) mulher (homem) de verdade.

Lendo um dos milhares de sites/blogs da vida me deparei com um texto ótimo. Que me identifiquei. Que me fez pensar. Que me fez refletir.
Recomendo que leia aqui antes de continuar.
Realmente é fato tudo que foi dito ali, porém o que me deixou pensativa foi que já vi esse mesmo tema abordado de diversas maneiras diferentes, e 90% delas se baseavam na frase “porque mulher de verdade”… Não existe mulher (ou homem) que não seja de verdade, o que existe são pessoas com ideologias e propósitos diferentes, e isso está, a maioria das vezes ligado a idade mental de cada um, ao seu amadurecimento pessoal, as suas expectativas de vida.
“Porque mulher de verdade não vai querer sair com o seu bíceps, e sim com a sua inteligência”. Fato. Mas se uma mulher procura um homem excepcionalmente pela sua aparência física, pra mim, ela é apenas superficial, e isso não tem nada haver  com ser de verdade ou não.
Se um homem só quer sair com as moças da moda, estilo panicat, corpo torneado e voz de Maria macho, não é que ele não seja um homem de verdade, ele só quer alimentar seu ego e provavelmente cantar de galo pros amigos que não conseguem pegar o mesmo padrão de mulher. E quem disse que isso é errado? Ou proibido?

Por isso acho que o que nos tornam “melhores” é o amadurecimento pessoal, e o que queremos para nós.
No meu caso, músculos nunca me apeteceu, mas isso não significa que se eu ver um musculoso bonito na rua (mesmo tendo dificuldades em achar esse padrão bonito) eu não vá olhar de rabo de olho e pensar “Nossa, que gato”. No texto vi alguns comentários de homens reclamando, que não é bem assim, que as mulheres preferem os modelos de academia que fazem selfie na frente do espelho, que na teoria é muito bonitinho falar que mulher gosta personalidade e tal, mas na real não é bem isso que acontece…

Eu já tive essa fase de só querer sair com os mais gatos, mas depois de um tempo percebi que é muito melhor sair pra jantar sozinha, do que  sentar de frente a alguém e sentir o rosto ruborizar por causa do temido silêncio constrangedor. Porque pessoas fúteis não tem assunto, não sabem conversar muito além do que é a realidade deles no momento, um emprego que pra você, talvez não seja tão interessante, suplementos alimentares e séries de braço e perna e talvez algum filme. E isso não significa que ele não seja de verdade, significa apenas, que pra ele/ela apenas aquilo lhe basta, e que pra você, é necessário mais que isso.

Se eu receber um convite daquele gato pra sair, se eu aceitar será apenas para satisfazer o ego e dificilmente terá uma segunda vez. Gosto de homens que não tem medo de olhar no olho, que não tem pudores ao falar o que pensam, mesmo sabendo que você não concorda. Gosto de homens que sabem o momento certo de pegar na mão, e esperam para receber um beijo. Gosto quando a comida esfria porque os assuntos fluem e se emendam um no outro, que você esquece que tem celular e se ele toca, você não quer quebrar o clima atendendo, e isso colega, não me torna uma mulher de verdade, apenas me torna uma mulher com objetivos diferentes. Se é uma mulher assim que você procura, parabéns, você acabou de achar, porém isso não te dá o direito de achar que as que procuram casca não sejam de verdade, pois até elas procuram caras que se tiver um só ponto do mesmo que eu citei, elas descartam.

Tudo se baseia no que você procura e no tipo de pessoa que você resolve sair, por isso caro colega, não coloque a culpa na pessoa que você escolheu para sair de não ser de ”verdade” sendo que você que escolheu estar naquele momento com ela.

Por: Gaby Vieira

Share

Comments HDM

Comentários

Gaby Vieira

Fotografia é minha profissão e minha paixão, para qualquer lugar que eu vá minha câmera sempre vai comigo. Amante do bom e velho rock 'n' roll e uma cerveja gelada na praça da esquina com as amigos e papos aleatórios, também sou viciada em filmes e seriados. E já fui a tia da merenda por quase 2 anos em uma escola. Experiência na qual nunca mais quero passar...