Sou minha, só minha… E não de quem quiser!!!

Nessa semana que antecedeu ao Dia das Mulheres, os feeds do facebook se encheram de mensagens para esses seres extraordinários que tem jornadas duplas, triplas, e, sabe-se lá, mais quantas para poder dar conta de todos os seus afazeres… Mas você sabe realmente porque temos “um dia” especial? Se não sabe, Papai google tá aí… Não vou explicar aqui. Se você realmente se importa com a mulher da sua vida, seja ela sua mãe, sua esposa, sua irmã ou mesmo uma amiga de trabalho, perca 5 minutinhos e faça essa pesquisa.

Mas de que adianta termos “um dia” enquanto nos outros 364 dias do ano somos violentadas por estranhos na rua, somos negligenciadas dentro de casa pelos nossos companheiros, somos tratadas como inferiores e sexo frágil no serviço?
De que adianta termos “um dia” só nosso se no restante deles temos que ter vagão especial no metrô pra não sermos abusadas, temos a lei Maria da Penha que nos defende, mas mesmo assim muitas tem medo de denunciar o agressor, porque nada é feito e, quando é feito, logo ele está livre para poder chegar em casa e matar sua esposa que o denunciou?
Do que adianta termos “um dia” se no resto do ano milhares de mulheres são mortas apedrejadas em praças públicas, pra todo mundo ver, e centenas de outras são largadas no lixo ao nascer apenas porque essa é a lei do país?

Vocês homens precisam aprender a ter orgulho do que vocês tem no meio das pernas!! Não é tamanho que importa, e não é que estamos querendo roubar o seu lugar, só queremos ser capazes de fazer o mesmo que vocês fazem e ter o mesmo reconhecimento. Se você acha que as mulheres estão “roubando” seus empregos, antes de tomar alguma ação contra nós, porque não gasta um pouco da sua energia se qualificando no seu ramo para que você possa ser melhor?
Não queremos ser mais do que ninguém… Só queremos ser alguém que tenha o devido merecimento. Ou você acha que é fácil trabalhar fora, cuidar da casa, marido, filhos, estudar, etc.?
A questão é que somos assim, não nos contentamos com pouco, queremos sempre mais e sempre melhor, ou você acha que quando chegamos em casa, cansada de mais um dia estressante de trabalho e de desvalorizações, não pensamos que seria bem melhor se tudo continuasse como antigamente? Ficar em casa cuidando das coisas, dando ordens as governantas e tricotando? Eu penso!! Mas do mesmo jeito que, quando casei, meu marido quis me dar essa vida de dondoca, não aguentei muito mais de um ano…
Sim!! Mulher gosta de dinheiro!! Por isso ela levanta todo dia e corre atrás do seu.
Mas por trás de toda essa valentia existe um ser frágil que só quer chegar em casa e receber um abraço de urso, daqueles bem apertados que nos sufocam. Todas querem de vez em quando assistir um filme romântico com um balde de pipocas e caixinha de lenços do lado.
E o mais importante: toda mulher quer um companheiro que a respeite e que ande sempre ao seu lado, não na frente e muito menos atrás.
Não tente entender sua mulher, apenas a escute, não é sempre que queremos a solução pra tudo, às vezes queremos apenas que alguém nos escute, olhando nos olhos e não com um olho no gato e outro no peixe…

Enfim… O que eu desejo é um mundo melhor, onde todas sejam tratadas com respeito e igualdade e que esse machismo um dia acabe.


Nós, da equipe Hora da Merenda, desejamos um ótimo Dia das Mulheres para todas vocês. E lembrem-se: Somos capazes de realizar tudo o que desejamos!

Share

Comments HDM

Comentários

Gaby Vieira

Fotografia é minha profissão e minha paixão, para qualquer lugar que eu vá minha câmera sempre vai comigo. Amante do bom e velho rock 'n' roll e uma cerveja gelada na praça da esquina com as amigos e papos aleatórios, também sou viciada em filmes e seriados. E já fui a tia da merenda por quase 2 anos em uma escola. Experiência na qual nunca mais quero passar...