Samurai 8 – o novo projeto de Masashi Kishimoto

O primeiro capítulo de Samurai 8: Hachimaruden, o novo mangá de Masashi Kishimoto (Naruto), foi lançado nesta segunda-feira (13) e o autor numa conferência de imprensa falou um pouco mais sobre ela.

Ele primeiramente comentou sobre seu maior sucesso, Naruto, que estreou em 1999 e terminou em 2014.

Eu fiquei tão cansado que perdi a energia para desenhar mangá, disse ele rindo. No entanto, apesar de ter trabalhado em mangá por tempo suficiente para ver uma criança, tornar-se adulta, demoraram apenas dois anos para pensar: Eu quero desenhar mangá novamente.

Eu posso ter sentido que derramei tudo em Naruto, mas no meu coração eu sabia que não era perfeito, e esse pensamento me puxou. Na época em que terminei Naruto, senti que a maneira de desenhar mangá tinha finalmente despertado em mim, então eu queria canalizar isso no meu próximo trabalho.

Sobre Samurai 8: Hachimaruden ele declarou:

Eu amo ficção científica e samurai, então eu quero desenhar mangá sobre esses temas, mas considerando a minha idade é irracional me atirar em um mangá assim, então eu decidi combinar os dois temas num único trabalho

Kishimoto revelou que o primeiro mangá que ele enviou para a Shueisha também foi uma história de samurai que não teve nenhum reconhecimento.

Este mangá é uma espécie de vingança por isso, disse ele rindo.

Se você é um artista novo, eu não começaria com ficção científica, eu pensei que teria mais chances saindo diretamente de Naruto.

Quanto à razão pela qual o seu ex-assistente Okubo está desenhando a arte para este novo mangá, Kishimoto explicou que quando se trata de um mangá semanal, é impossível desenhar tudo sozinho. Durante a serialização de Naruto, Kishimoto começou a desenhar os contornos para cada capítulo com a ajuda de Okubo.

É francamente difícil admitir isto, mas a arte de Okubo é tão boa que, no meu coração, não posso deixar de admitir a derrota.

Quando questionado se Samurai 8: Hachimaruden será mais interessante que NarutoKishimoto disse:

Eu pensei sobre isso enquanto trabalhava em Naruto, mas eu estou agora mais socialmente consciente e eu gostaria de colocar isso no meu próximo mangá.

Ele também disse que um dos temas do mangá será “está tudo bem em ser imperfeito“.

Eu sei que é uma contradição para mim dizer ‘eu quero desenhar o mangá perfeito’ apenas para ter o tema ‘não há problema em ser imperfeito’, mas foram as imperfeições de Naruto que me motivaram a desenhar o meu próximo mangá, e quando este acabar, as imperfeições vão inspirar-me a desenhar o próximo depois disso.

Quanto à duração do novo mangá:

Vou começar com 10 volumes por enquanto. Eu lembro de dizer uma vez que Naruto teria 15 volumes. Isso sempre acaba por ser mais longo.

Mais sobre:

Kishimoto está encarregado do trabalho original, e Okubo está desenhando o mangá. O ilustrador é um ex-assistente de Kishimoto.

Kishimoto terminou seu mangá principal de Naruto após 15 anos de serialização na Weekly Shonen Jump em novembro de 2014. Ele então escreveu o mangá de um volume Naruto: The Seventh Hokage e o Scarlet Spring. O autor também trabalhou no roteiro e no design de personagens, e serviu como supervisor de produção chefe na sequência do filme Boruto – Naruto the Movie.

Mikie Ikemoto e Ukyou Kodachi lançaram um mangá sequência para Naruto intitulado Boruto: Naruto Next Generations também na Weekly Shonen Jump em maio de 2016. Kishimoto está supervisionando a série. O anime dessa série foi lançado em abril de 2017.

 Fonte: otakupt.com

Share

Comments HDM

Comentários

Andre Sousa

André Sousa, Cearense, 31 anos, pseudo intelectual de rede social, inteligentemente gaiato e consumidor moderado de drogas lícitas.