KENOBI

Você já parou pra pensar o aconteceu com o Obi-Wan Kenobi? Como foram seus anos no deserto de Tatooine? Como foi velar pela segurança do pequeno Luke, isso tudo sem levantar suspeitas de sua real identidade e tendo que se fazer de alheio ao inúmeros pedidos de socorro de uma galáxia que caía nas mãos de malvados Sith? Se todas essas perguntam ainda pipocam na sua cabeça, mesmo após os episódios I, II e III, KENOBI de John Jackson Miller pode elucidar algumas de suas dúvidas de como foram os primeiros momentos de Obi-Wan no planeta sem vida e como ele se  tornou o eremita conhecido como “o velho Ben Maluco”.

Tatooine HdM
As escaldantes areias de Tatooine e suas fazendas de umidade.

O livro trás Kenobi ou simplesmente Ben, nome que ele assume para não chamar atenção do império intergalático, perturbado e amargurado pelos recentes acontecimentos (vistos no final do episódio III). Após entregar o pequeno Luke para os Lars, Ben tenta achar o lugar mais ermo possível para se refugiar e sumir o tempo necessário para que um novo Jedi possa ajuda-lo, isso tudo sem se afastar muito da fazenda de umidade que guarda a última esperança da galáxia livre. A vizinhança dos Lars é bem peculiar e composta por muitos daqueles seres que você provavelmente viu na cantina de Mos Eisle, alguns deles inclusive dão o tom de universo infinito e inexplorado do planeta desértico. Entre as figuras peculiares do planeta recém escolhido por Ben para esconderijo, destacam-se Annileen Calwell, dona do Oasis Pika, o único armazém da pequena comunidade, Orrin Gault, líder da milícia local que luta e caça ferozmente os Tuskens (o povo da areia) e A’Yark, líder dos Tuskens conhecido pela população local por sua ferocidade e por seu olho brilhante, que lhe rendeu o apelido de “Olho de rolha”.

Ben Kenobi HdM
Mesmo recluso Ben faz seu papel de herói de capa e espada.

Algo que chamou minha atenção ao ler o livro, foi a forma como o amargurado guerreiro Jedi lida com os eventos “simplórios” de Tatooine e só digo que são simplórios porque seriam facilmente resolvidos por um Jedi experiente com Obi-Wan, apenas com o uso da força. Não poder usar a força para proteger os colonos deixa Ben muito frustrado algumas vezes, o que pode ser visto nas “meditações escritas” para seu mestre Qui-Gon Jinn. Outra coisa muito boa no livro, é o fato de podermos ver o mundo do ponto de vista do Tuskens, sua organização tribal, suas crenças e porque odeiam tanto os humanos em Tatooine.

Tatooine HdM
Mesmo composto inteiramente por desertos, Tatooine tem uma gama infindável de vida.

Um livro de faroeste espacial, um romance de redenção ou uma ótima contribuição para o o universo rico de Star Wars, qualquer que seja a opção, você vai encontrar nessa belíssima obra de Jackson Miller muitas respostas para algumas perguntas que os filmes não respondem. Inclusive recomendo que você assista aos episódios I,II e III antes de começar a leitura do livro, eles ganharão outro sentido, vai por mim.

Kenobi livro HdM
Leitura recomendadíssima para os fãs ou só curiosos de Star Wars.
Share

Comments HDM

Comentários

Andre Sousa

André Sousa, Cearense, 31 anos, pseudo intelectual de rede social, inteligentemente gaiato e consumidor moderado de drogas lícitas.