Edição de Fahrenheit 451 só pode ser lida ao ser queimada

Lembra quando você escrevia mensagens secretas com suco de limão, que só eram reveladas utilizando um ferro quente? Então, o grupo de designers gráficos “Super Terrain” desenvolveram uma edição especial de Fahrenheit 451 que precisa ser literalmente queimada para ser lida.

Confira no vídeo abaixo:

Asbesto (amianto) é o principal componente das páginas de cor preta, material resistente ao calor que suporta até 1000 °C e não deixa as páginas pegarem fogo.

Escrito nos anos iniciais da Guerra Fria (1953) por Ray Bradbury, o romance distópico apresenta um futuro no qual as opiniões próprias são consideras hedonistas, livros são proibidos e, quando encontrados, são queimados por “bombeiros” em 451 graus Fahrenheit.

Bradbury já declarou que o livro não se trata de censura, mas de como a televisão destrói o interesse da população pela leitura.

Share

Comments HDM

Comentários

Andre Sousa

André Sousa, Cearense, 31 anos, pseudo intelectual de rede social, inteligentemente gaiato e consumidor moderado de drogas lícitas.