Ela era poesia… Ele… Não sabia ler

Talvez o  grande problema seja esse…

Sou intensa em tudo que faço… Um turbilhão de sentimentos que variam e que desagradam quem não consegue entender.

Às vezes sou livre como o vento, não há como me segurar… Eu necessito ser livre e voar para onde sentir vontade…

Às vezes sou como um filhote de cachorro que fica sentado na porta de casa esperando o dono chegar para pular no colo e não sair de perto…

Só quem tem o coração livre consegue me dar a liberdade que necessito e o carinho que preciso.

Share

Comments HDM

Comentários

Gaby Vieira

Fotografia é minha profissão e minha paixão, para qualquer lugar que eu vá minha câmera sempre vai comigo. Amante do bom e velho rock 'n' roll e uma cerveja gelada na praça da esquina com as amigos e papos aleatórios, também sou viciada em filmes e seriados. E já fui a tia da merenda por quase 2 anos em uma escola. Experiência na qual nunca mais quero passar...