A Torre Negra – Uma obra prima de Stephen King

 

Pois bem merendeiros de plantão, que assim como eu gostam de um bom livro, hoje venho lhes falar dessa maravilhosa obra de Stephen King, uma série audaciosa de livros cheia de fantasia, suspense, romance, terror e tudo mais que sua mente possa imaginar de um mundo pós apocaliptístico repleto de criaturas, no minimo, singulares.

O pistoleiro Roland Deschain, habita um mundo criado por King, que se baseou muito no universo de J.R.R Tolkien e em um poema chamado "Childe Roland à Torre Negra Chegou", de Robert Browning. Roland descreve o mundo em que vive apenas como um mundo que se deixou absorver pelas brumas do tempo, um mundo que abdicou de evoluir e apenas se deixou imergir em meio ao caos. Regido por um código similar ao do nosso mundo em eras medievais, o mundo do pistoleiro, que por curiosidade é o ultimo pistoleiro dessa terra desolada, segue um caminho de desolação e decomposição onde todos os monumentos e grandes construções definham em meio a poeira do esquecimento

Deschain nos é apresentado em meio a uma perseguição ao "homem de preto", um mago muito poderoso que só depois saberemos suas reais intenções para com o pistoleiro. Roland tem uma verdadeira obsessão por se ver frente a frente com esse homem que marcou sua vida e que é um dos motivos de sua peregrinação pelo deserto desolado, digo um dos motivos pois Roland também se vê responsável por encontrar "A torre negra". Uma construção mística e simbólica que, segundo ele, rege o equilíbrio há muito perdido em sua terra devastada.

A Torre Negra é prato cheio para quem tem o dom da total imersão nas obras que lê, além de trazer uma narrativa empolgante e cheias de suspense, a obra te joga em um mundo que poderia ser perfeitamente igual ao nosso e na verdade é. O pistoleiro se comunica com nosso mundo por meio de portas fixadas no meio do nada, toda vez que ele abre uma dessas portas ele se vê dentro da mente de um ser humano que vive no mundo paralelo ao dele,podendo as vezes, controlar o corpo do humano em questão. Se não bastasse tudo isso, o mundo de Roland ainda é habitado por várias criaturas misticas, doze guardiões que protegem a tão procurada torre, são eles: o Leão, a Águia, o Coelho, o Morcego, o Peixe, o Rato, a Tartaruga, o Urso, o Cão, o Cavalo, o Elefante e o Lobo cada um protegendo um feixe de luz que, segundo o pistoleiro, sustenta a torre.

Stephen King demorou 33 anos para finalizar a série de livros,1970 a 2003, composta por: O pistoleiro (1982), A escolha dos três (1987), As terras devastadas (1991), Mago e vidro (1997), Lobos de Calla (2003), Canção de Susanna (2004) e A Torre Negra (2004).

             

Embora a história da Torre Negra tenha encontrado seu desfecho no volume sete, restaram muitas pontas soltas, principalmente no que diz respeito ao passado do pistoleiro. Algumas dessas lacunas foram preenchidas por HQs lançadas pela Marvel a partir de 2007. E mais recentemente por um novo livro da série. O Vento pela Fechadura foi lançado no Brasil em junho de 2013 e é classificado por Stephen king como “a Torre Negra 4,5”, já que se encaixa entre Mago e Vidro e Lobos de Calla.

E por falar nas HQs da torre negra, muito se falou sobre adaptações para a obra literaria de King, a Marvel fez um lindo trabalho trazendo o pistoleiro pros quadrinhos, confira a baixo as capas de cada volume

 

dt205 dt204 dt203 dt202 dt201 dt107 dt106 dt105 4 3           2           1

Vale a pena dar uma conferida.

Pra finalizar, antes que eu me delongue, muito de se fala também em adaptações da obra para cinema e séries de tv, todo ano surge um novo boato a respeito de algum grande estúdio encabeçando o projeto. A bola da vez é a Sony Pictures em parceria com MRC que iriam além do filme, produzir também um série televisiva.A adaptação de A Torre Negra foi dispensada pela Universal, Warner Bros., Media Rights Capital e HBO. A Netflix demonstrou interesse no projeto, mas nada foi anunciado oficialmente.

 

 

 

Share

Comments HDM

Comentários

Andre Sousa

André Sousa, Cearense, 31 anos, pseudo intelectual de rede social, inteligentemente gaiato e consumidor moderado de drogas lícitas.